O que é Suporte Básico de Vida?

O Suporte Básico de Vida (SBV), conhecido no termo em inglês como Basic Life Support (BLS), é um conjunto de providências em sequência realizados por pessoa leiga no local, um leigo treinado (que fez um curso de resgate), profissionais de saúde e/ou resgate, que visam dar o primeiro atendimento com suporte básico de vida à vítima até a chegada do suporte avançado de vida.

As prioridades seriam reconhecer uma emergência, chamar por ajuda, proceder uma RCP de alta qualidade e usar o DEA o quanto antes.

O SBV é essencial até a chegada do serviço médico de emergência profissional, que fará o transporte até um hospital. A missão principal é manter a pressão de perfusão cerebral ou pressão de perfusão coronária com intuito de restabelecer um retorno de circulação espontâneo mantendo oxigênio no cérebro até atendimento especializado.

Um Suporte Básico de Vida eficiente aumenta em as chances de sobrevivência de uma pessoa, para classe I de evidência científica (que é um procedimento que funciona por consenso científico), o provedor necessita iniciar a RCP em até 1 minutos pós PCR e usar o DEA entre 3 a 4 minutos ainda na fase elétrica da PCR onde temos a chance de reverter o quadro em até 93% dos casos de uma FV.

O Suporte Básico de Vida faz parte da "Cadeia de Sobrevivência", cujos elos são importantes para melhor prognóstico e rápido atendimento com menor sequela.
O Suporte Básico de Vida faz parte da “Cadeia de Sobrevivência”, cujos elos são importantes para melhor prognóstico e rápido atendimento com menor sequela.

É importante saber que o SBV (Suporte Básico da Vida) no caso das compressões torácicas e respirações de resgate com expansão visível de tórax tem distinções na sua aplicação, no caso dependendo da idade (bebê, criança e adulto) e também se o provedor está sozinho, em dupla ou em time de resposta rápida à PCR.

<span data-mce-type=”bookmark” style=”display: inline-block; width: 0px; overflow: hidden; line-height: 0;” class=”mce_SELRES_start”></span>

Cursos de Suporte Básico de Vida

Nosso curso de Suporte Básico de Vida (SBV), BLS para Profissionais de saúde e profissionais de resgate, aborda tanto o reconhecimento das emergências cardiovasculares quanto o primeiro atendimento. Conheça todos os nossos cursos.


PROTOCOLOS DE SUPORTE BÁSICO DE VIDA “Basic Life Support Protocols”

PROTOCOLO é um procedimento padronizado utilizado mundialmente que objetiva garantir um atendimento sincronizado dos provedores envolvidos diminuindo o tempo gasto com a vítima no local e durante o transporte ao recurso hospitalar, minimizando erros no atendimento e padronizando procedimentos de acordo com as atualizações, recomendações e diretrizes mundiais.

As Diretrizes de SBV se baseiam em uma ampla revisão da literatura sobre ressuscitação e diversos debates e discussões com especialistas internacionais em ressuscitação e membros do Comitê e Subcomitês de atendimento cardiovascular de emergência.

O Consenso Internacional ILCOR sobre a Ciência da RCP e ACE com Recomendações de Tratamento, simultaneamente publicado na Circulation e Resuscitation, resume o consenso internacional que interpretou dezenas de milhares de estudos de ressuscitação que foram revisados.

É um processo internacional de avaliação de evidências, que envolve especialistas em ressuscitação de diversos países, que analisam, discutem e debatem a pesquisa em ressuscitação em encontros presenciais, teleconferências e sessões on-line (“webinars”) durante um período estimado em aproximadamente de 34 a 36 meses antes da mudança e/ou atualização, incluindo as Conferências do Consenso Internacional sobre a Ciência da RCP e ACE com Recomendações de Tratamento, realizadas nos EUA.

Especialistas em planilhas produzem revisões de evidências científicas de tópicos em ressuscitação e atendimento cardiovascular de emergência (ACE). O processo incluiu a avaliação estruturada de evidências, análise e catalogação da literatura. Incluiu, também, uma rigorosa divulgação e gestão de possíveis conflitos de interesse. As Diretrizes para RCP e ACE contêm recomendações dos especialistas para a aplicação do Consenso Internacional sobre a Ciência da RCP e ACE com Recomendações de Tratamento considerando a eficácia, a facilidade de ensino e aplicação e fatores dos sistemas locais.

Os 3 links abaixo, são os mais importantes para acesso às recomendações, diretrizes, atualizações e mudanças ocorridas atualmente, Se na página do ILCOR aparece alguma recomendação logo é publicada em formato de diretriz na página da AHA e apesar da AHA e ERC não estarem alinhados em alguns procedimentos, tais como, avaliação inicial e primeiro atendimento à afogados e pediatria, o ERC é considerado por muitos pesquisadores e especialistas o melhor protocolo da atualidade, ao menos no cuidado para vítimas de PCR secundária como pediatria, afogados, hipotérmicos, overdose e outros que a ênfase se dá nas ventilações devido à causa morte ser por asfixia e hipóxia e não por problemas cardíacos.

ILCOR – http://www.ilcor.org/home

AHA – https://eccguidelines.heart.org/index.php/circulation/cpr-ecc-guidelines-2/

ERC – https://cprguidelines.eu/

O Comitê Internacional de Conselhos Nacionais em Ressuscitação (ILCOR) foi formado em 1992 para fornecer um fórum para a integração e análise de pesquisas entre as principais organizações de ressuscitação em todo o mundo. É composto por representantes:

American Heart Association (AHA)
European Resuscitation Council (ERC)
Heart and Stroke Foundation of Canada (HSFC)
Australian and New Zealand Committee on Resuscitation (ANZCOR)
Resuscitation Councils of Southern Africa (RCSA)
Inter American Heart Foundation (IAHF)
Resuscitation Council of Asia (RCA)

Os objetivos do ILCOR são:

Proporcionar um fórum para discussão e coordenação de todos os aspectos da ressuscitação cardiopulmonar e cerebral em todo o mundo. Fomentar a pesquisa científica em áreas de ressuscitação onde há falta de dados ou onde há controvérsias. Divulgar informações sobre treinamento e educação em ressuscitação. Fornecer mecanismos para coletar, revisar e compartilhar dados científicos internacionais sobre ressuscitação. Produzir declarações sobre questões específicas relacionadas à ressuscitação que reflitam o consenso internacional.

O ILCOR se reúne duas vezes por ano, geralmente alternando entre um local nos Estados Unidos e um local em outro lugar do mundo. Em colaboração com a AHA, o ILCOR produziu as primeiras Diretrizes Internacionais de RCP em 2000 e um Consenso Internacional sobre RCP e Ciência de ECC com Recomendações de Tratamento em 2005.

Em colaboração com a AHA, o ILCOR coordena revisões baseada em evidências, fornecendo material para organizações de ressuscitação, para que possam direcionar e basear na escrita de suas próprias diretrizes de reanimação.